Mundo Ela

Como escolher os melhores ingredientes para os seus preparos

Foto: iStock

A dica de hoje é sobre os melhores ingredientes para preparar as suas delícias.

Para você conseguir obter bons resultados, conhecer sobre a função de cada insumo, saber a qualidade de cada um, bem como no que se diz respeito ao seu padrão de qualidade e qual público alvo é o seu.

No primeiro ponto para escolher os melhores ingredientes é muito importante que você saiba ler os rótulos e entender qual a função de cada item da sua receita, por exemplo: temos no mercado vários tipos de creme de leite, com diferentes percentuais de gordura, o mais comum é o que contém 17% de gordura em sua composição, isso quer dizer que o seu brigadeiro gourmet terá aquele percentual de gordura que garantirá mais brilho, cremosidade e mais tempo para cristalização.

Por aqui usamos, na maioria dos preparos, o creme de leite com 25% de gordura. Lembre-se que creme de leite é diferente de creme culinário, bem como leite condensado integral e semi integral.

No caso do exemplo acima você deve observar além do rótulo, a qualidade dos insumos e também o valor para ver se atende ao seu público alvo, pois quanto maior a qualidade, maior o custo e, consequentemente, maior o valor de venda final.

Temos excelentes produtos no mercado, de marcas não tão conhecidas, mas que em relação a qualidade podem ser equiparadas aqueles “top de linha”.

É importante testar vários itens, para que você conheça o resultado deles e, se precisar fazer alguma substituição, facilita ao conhecer marcas e produtos diferentes e similares.

Quando se trata de preparos com frutas prefira oferecer itens cozidos, como compotas e geleias. Para os amantes de frutas frescas, como o morango, busque por frutas mais inteiras, não tão maduras e sempre higienize cada uma antes de armazenar, isso faz com que a sua validade aumente.

Por aqui temos o nosso bombom de morango e a surpresa de uva que são carro chefe quando se trata de frutas in natura, preparamos poucas quantidades pois a sua validade para consumo é de apenas um dia, o que deve ser observado sempre para garantir a segurança alimentar dos seus clientes.

É importante frisar que, para fazer boas escolhas, você precisa saber para o que cada ingrediente serve, ler seus rótulos, conhecer os seus clientes e público alvo, e, por último e não menos importante, saber como armazena-los.

Uma outra dica muito importante e que aplicamos por aqui é a manutenção de baixo estoque, temos todas as opções dos nossos cardápios para produção imediata, mas não nutrimos um estoque extenso para evitar prejuízos, desperdícios e perda de mercadorias.

Quando comecei me preocupava em estocar vários itens, o que acarretou em prejuízo financeiro e compra de itens que eu jamais usei. Não cometa esse erro, aposte em um cardápio menor, variações que você pode transformar um item em outro e mantenha seu estoque baixo para sempre ter tudo fresquinho e não manter seu dinheiro parado.

Estoque alto = dinheiro parado!

Com o tempo você vai conhecendo as preferências dos seus clientes, o que mais sai, qual a demanda maior que você tem sobre cada insumo, o que facilitará bastante nas compras, na qualidade dos ingredientes e no seu maior aproveitamento.

Não tenha medo, teste e descubra melhores alternativas para garantir qualidade, produtividade e sabor inigualável aos seus clientes.

Com carinho, Mari Prates Cakes.

Por Mariana Prates
@maripratescakes

Leia também:

Governo decide modelo de privatização dos Correios

Feirão Caixa | Financie imóveis sem entrada

UFC Feminino | Uma das melhores atletas do esporte é Brasileira


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Empreendedorismo
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments