Mundo Ela

Ansiedade na adolescência

Foto: Pexels

Ansiedade na adolescência – A saúde mental merece atenção especial em todas as fases da vida. Na adolescência, período marcado por inúmeras transformações físicas e emocionais, o cuidado deve ser ainda maior. Pois pode trazer consequências para seu desenvolvimento e gerar traumas na vida adulta.

O fato de não ter idade o suficiente para certas coisas e não ser mais criança para outras gera medo e ansiedade.

O sentimento de cuidado, zelo e acolhimento acaba dando espaço para as cobranças e essa pressão vem dos pais, da escola, dos amigos, de atividades fora do ambiente de estudo, das redes sociais, responsáveis pela padronização estética e dos próprios jovens.

Como resultado dessa ansiedade, sintomas podem ser percebidos pelos responsáveis, tais como:

  • dificuldade em prestar atenção,
  • preocupações excessivas,
  • desconforto em situações sociais,
  • inquietação emocional,
  • pensamentos intrusivos que acabam atrapalhando a rotina e impedindo a tomada de decisões simples,
  • insônia,
  • distúrbios intestinais,
  • perda de apetite ou ganho de peso,
  • cansaço,
  • dores crônicas
  • e tristeza persistente.

Ao mesmo tempo que é fundamental que os pais passem a dar mais responsabilidades aos filhos, essa atitude deve vir acompanhada de compreensão, orientações e apoio.

E, à medida que seja notado algum (uns) sintomas acima, é importante estudar maneiras de abordar o problema de forma natural para evitar ainda mais prejuízos para com a saúde mental do jovem.

Se nós, adultos, muitas vezes, não conseguimos lidar com determinadas situações, devemos ser mais flexíveis e compreensíveis com relação a nossos adolescentes e à forma como encaram o mundo.

Dessa forma dialogar, escutar e se mostrar interessado no que está acontecendo é o primeiro passo. Mas contar com a ajuda profissional especializada também se faz necessário para um diagnóstico preciso e terapias assertivas, que tragam mais qualidade de vida e bem-estar ao jovem com quadros de ansiedade, de forma individualizada e totalmente personalizada.

Por Dra Jaqueline Bifano
@dra.jaquelinebifano

Gostou? Então veja abaixo mais matérias da Dra Jaqueline pra o Mundo Ela:

O transtorno alimentar em adolescentes

Quais devem ser os cuidados e atenção à saúde mental?


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Saúde e Cuidados
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments