Mundo Ela

Coletores menstruais – Excelentes para a saúde íntima e para o meio ambiente

Foto de Anna Shvets no Pexels

Você já conhece os coletores menstruais?

Os coletores menstruais chegaram com a promessa de tomar o lugar dos absorventes descartáveis. Uma alternativa sustentável e de maior liberdade para a mulher.

Não meninas, os coletores menstruais não são novidade!

Apesar de estar super falado hoje em dia, o primeiro coletor menstrual foi criado em1937 pela atriz norte americana Leona W. Chalmers.

Entretanto, apesar de velhinhos só recentemente ficaram populares. Pois acredita-se que o tabu que existia em torno da menstruação e ao corpo da mulher foi a principal causa de os coletores ficarem por tanto tempo esquecidos.

Hoje, com a crescente do feminismo, onde as mulheres discutem e estimulam o debate sobre menstruação e a relação com os nossos corpos, atiçou a curiosidade sobre os copinhos coletores.

E, não podemos deixar de ressaltar a importância positiva que os coletores tem no meio ambiente.

Pois, uma mulher em sua vida pode acumular cerca de 200 quilos de lixo somente de absorventes descartáveis. Sendo que, 90% desse material é plástico e demora 400 anos para se decompor (dados do Instituto Akatur)

Mas, como saber qual coletor escolher?

Foto de Anna Shvets no Pexels

Existem no mercado tipos e tamanhos diferentes de coletores.

Eles variam de tamanho. Se a mulher já teve filhos ou não, virgem ou não e também devemos levar em consideração a intensidade do fluxo.

Na própria embalagem do coletor, o fabricante coloca informações que nos ajudam na escolha, ou você pode pedir ajuda à sua médica ginecologista.

Mas adianto que não é um bicho de sete cabeças escolher!

No entanto, se ele estiver causando algum incômodo será necessário averiguar. Pode ser pelo tipo, tamanho que você escolheu ou mesmo por tê-lo posicionado de forma errada.

Portanto, escolhido e posicionado de forma correta ele pode ser usado até por 12 horas seguidas dependendo do fluxo de cada mulher.

Quando precisar esvaziá-lo é só higienizar e recolocar.

E, quais são as vantagens do coletor menstrual?

Amiga, para nossa alegria essa lista é extensa!

Um coletor menstrual custa em média 80 reais e dura em torno de 10 anos. Ou seja, se fizermos as contas de quanto gastamos com absorventes descartáveis durante à vida, a economia é enorme!

Autonomia! Essa é uma grande vantagem! Pois com o uso do coletor ficamos mais a vontade de colocar qualquer roupa, sem aquela preocupação de marcar o absorvente e outras coisinhas mais.

Ir à academia despreocupada da vida!

Ele é utilizado dentro do canal vaginal, por isso não deixa a ppka abafada e dessa forma diminui o risco de infecção bacteriana. Principalmente se comparamos ao absorvente descartável interno.

E, como já discutimos aqui, o coletor é amigo do meio ambiente. Fato de extrema relevância!

Quanto as desvantagens estão relacionadas a dores abdominais, ou cólicas. Geralmente estão associadas ao posicionamento inadequado.

Vazamentos também podem acontecer caso seu fluxo seja muito intenso, sendo assim, será necessário esvaziá-lo com mais frequência. É simples!

Contudo, os coletores menstruais vêm com uma missão de maior autoconhecimento feminino.

Dessa forma para você usá-lo terá que entrar em contato com a sua vagina e ter uma melhor noção de como é sua anatomia e o seu fluxo menstrual.

Isso, para muitas de nós, ainda não é uma realidade.

Mas, o meu conselho a todas vocês é que se conheçam profundamente, afinal de contas, é o nosso corpo. E a intimidade com nós mesmas, abre muitas portas, principalmente, a da liberdade!

Por Karina Barros
@karinafbarrosfisio

Leia também:

Pão de queijo

O Amor nos Transforma

Responsabilidade


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Saúde e Cuidados
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments