Mundo Ela

Cuidar dos olhos é cuidar da alma

Cuidar dos olhos é cuidar da alma

Foto: Dra. Fernanda Santos

Cuidar dos olhos para termos uma boa visão, e também direcionarmos a nossa visão para o que vai contribuir para o nosso crescimento físico, mental, emocional e espiritual

Nossa saúde é um dos nossos principais tesouros, acho que perde apenas para o estar próximos dos que amamos.

Cuidar da saúde é uma das formas de vivenciarmos o amor próprio. Cuidar dos alimentos, fazer exercícios físicos, dormir bem…

E também cuidar do que vemos e de como vemos. Ou seja, cuidar dos olhos para termos uma boa visão, e também direcionarmos a nossa visão para o que vai contribuir para o nosso crescimento físico, mental, emocional e espiritual.

Afinal, quem nunca ouviu dizer: “o que enche os olhos, também enche a mente”, ou “se os olhos não veem, o coração não sente”, ou ainda “os olhos são a janela da alma”.

Dessa forma, nossa saúde visual tem crucial importância. Os olhos são nossos principais sensores. Além da visão para leitura, eles nos permitem ter a noção espacial. Ou seja, percebemos a distância dos objetos e nos situamos no espaço à nossa volta.

Essa noção espacial é importante para o nosso equilíbrio. Por isso que pessoas com baixa visual apresentam um maior risco de quedas.

Nossos olhos também apresentam, além dos receptores de luz, fotorreceptores, que leem as imagens à nossa volta, são receptores específicos de luz que orientam nosso cérebro na regulação do nosso ciclo dia-noite.

O chamado ciclo circadiano depende, juntamente com outros fatores, de olharmos para a luz, ou de percebemos a ausência de luz, que é o escuro ou penumbra.

A nossa memória também é vinculada à nossa visão. O aprendizado associado à visão do que esta sendo estudado fica muito mais fácil.

As lembranças dos lugares e pessoas que passam por nossa vida são carregadas de imagens, que vemos com os olhos fechados.

Nossos olhos nos ajudam em nossa capacidade de nos deslocarmos com segurança e são fundamentais para o nosso relógio biológico. Tudo isso, além de nos permitir ver as cores, formas, letras e tudo o que há de belo, poético e inspirador…

O processo de envelhecimento traz muitas mudanças para o nosso corpo, e não seria diferente com os olhos.

Nossos olhos estão programados para diminuir o foco de perto a partir dos 40 anos. É a vista cansada ou presbiopia. Literalmente o olho velho.

O foco de perto vai ficar cada vez mais distante enquanto envelhecemos, e esse processo é tão natural quanto ter cabelos brancos.

Outro processo natural que ocorre com os nossos olhos enquanto envelhecemos é a catarata. Que é a opacidade da lente natural que temos dentro dos olhos, o cristalino.

Essa etapa do envelhecimento é geralmente programada para depois dos 60 anos.

Claro que, como tudo que envolve o envelhecimento, é passível de ajustes devido à interferência de diversos fatores aos quais estamos sujeitos, como exposição ao sol, exposição às telas, tabagismo, diabetes, medicamentos, dentre outros.

Considerando o que o tempo vai trazer para os nossos olhos, e levando em conta também, as doenças e maus hábitos que podem prejudicar nossa visão, percebemos a importância dos cuidados preventivos para os nossos olhos.

Realizar exames oftalmológicos periódicos é uma boa conduta na prevenção de doenças oculares. Ainda mais considerando que as doenças que podem causar cegueira, são inicialmente assintomáticas, como é o caso do Glaucoma.

E, mesmo que não existam doenças nos olhos, o envelhecimento traz o enfraquecimento da visão através da presbiopia, e depois, da catarata.

No caso das crianças, a visão não nasce pronta como a audição. Ela precisa evoluir. Da mesma forma que precisamos aprender a falar e a andar, nossos olhos silenciosamente, aprendem a ver.

Porém, muitas vezes apenas um dos olhos está se desenvolvendo, ou ainda os dois olhos apresentam necessidade de óculos.

A criança não sabe como é enxergar normalmente. Por isso, ela precisa fazer o exame oftalmológico a partir do segundo ano de vida. Além disso, no primeiro ano de vida, o teste do olhinho é fundamental para prevenir doenças congênitas que acometem a visão e também são silenciosas.

Na idade adulta jovem, nossos olhos também necessitam cuidados especiais, principalmente em nossos dias mais digitais.

A síndrome visual do computador é o principal causador de sintomas visuais e dor de cabeça em adultos jovens e, às vezes, em adolescentes. O excesso de telas pode levar à fadiga dos músculos intraoculares que ajustam nosso foco para longe e para perto, além de aumentar as chances da evolução da miopia e do olho seco ocupacional.

Assim percebemos que o cuidado com os olhos é extremamente importante em todas as idades.

Exames periódicos podem prevenir doenças incapacitantes, como a cegueira, e todos os seus danos na vida de qualquer pessoa, em qualquer idade.

Por isso, cuide-se e cuide dos seus olhos para você ver o que desejar.

Por Dra Fernanda Santos
@drafernanda.santos

Leia também:

Dicas de beleza nas redes sociais

Como formar uma adega particular

Como será o futuro das minorias no Afeganistão?

Saiba o que vem por ai nos Esportes

Whatsapp em vários aparelhosCuidar dos olhos é cuidar da alma

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Saúde e Cuidados
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments