Mundo Ela

Dica da Nutri: Como se manter saudável na pandemia

  • Avatar
  • por em 12 de abril de 2021
Como se manter saudável na pandemia

Nesse cenário de pandemia em que estamos vivendo, muitas pessoas relatam ter dificuldade em se manter saudável. De fato, é um momento em que nossa rotina não é a mesma de antes e precisou ser readaptada e desacelerada em tempos de isolamento social e home office.

Tudo é novo e a cada dia surgem novas notícias e descobertas sobre a doença do coronavírus. O sentimento de ansiedade pode nos visitar em muitos momentos, nos levando a comer de forma emocional.

É fundamental trabalharmos nossa versatilidade e buscarmos uma rotina saudável para manter a mente sã e o corpo são nesse momento em que o autocuidado nunca foi tão primordial.

Quando optamos por fazer escolhas melhores no dia a dia, a mente e o corpo agradecem aumentando nossa imunidade e mantendo boa saúde.

Eu sei, falando assim parece fácil. Mas sabemos que não é!

Como podemos nos manter saudáveis, mesmo sem poder fazer atividades físicas nos parques ou nas academias e com a geladeira à disposição ao nosso lado?

A organização é a palavra-chave para não deixar a peteca cair. A seguir estão algumas dicas do que buscar nesse momento mais recluso para que logo possamos voltar à nossa rotina, quando tudo passar, com a saúde em dia!

Organize a sua rotina

Se você não conseguir manter uma agenda diária, vai ser difícil organizar sua alimentação também! Mantenha os seus horários ou, por mais que tenha precisado mudar um pouco a rotina, defina-os novamente. Não é porque estamos em casa que vamos trocar o dia pela noite ou esquecer de fazer as principais refeições. Tenha horário para dormir, acordar e se alimentar.

Refeições adequadas e saudáveis, feitas em horários semelhantes todos os dias, consumidas com atenção e sem pressa, favorecem a digestão dos alimentos e evitam que se coma mais que o necessário.

A organização das tarefas também é uma forma de cuidado com sua saúde mental.

Vá para a cozinha

Aproveite que você está em casa e se envolva com o preparo das suas refeições. Resgatar algumas receitas, ou aprender novas, também é uma ótima opção! Você vai perceber o quanto vai te ajudar se envolver com a sua alimentação. Além de ter um grande potencial terapêutico, quem vai sentir também é seu bolso, diminuindo o orçamento.

Preparar a própria comida nos traz conhecimento sobre a procedência dos ingredientes e evita que você caia na praticidade e nos malefícios do consumo de ultraprocessados. Importante sempre lembrar de utilizar nas preparações os alimentos in natura ou minimamente processados!

Colocar a mão na massa incentiva a interação entre os membros da família, fortalece as tradições e ainda resgata boas lembranças. Se tiver criança em casa melhor ainda! Colocá-las para ajudar é um ótimo incentivo à alimentação adequada e saudável.

Evite os beliscos

Muitos beliscos podem acabar aumentando a ingestão calórica diária.

Existe a “fome psicológica”, ou seja, significa que você não está com fome de verdade. Podemos identificá-la quando aparece aquela vontade de comer algo específico. É a fome de determinado alimento no qual nenhum outro pode ser substituído. Por exemplo: vontade de comer aquele biscoito da despensa. Se for um iogurte, não serve. Quando isso acontecer, tome água ou chá, pratique respiração, e procure algo para fazer (leia a dica abaixo).

Esteja ocupado

Esse momento mais recluso tem seus desafios, mas também pode nos favorecer! Aproveite que você tem mais tempo livre proporcionados por não ter, por exemplo, que enfrentar o trânsito da volta ao trabalho, e acrescente atividades produtivas e prazerosas ou até mesmo aproveite para executar com calma as tarefas simples do seu dia a dia. Vale ler um novo livro, assistir um TED, montar um diário, assistir uma nova serie ou filme, se inscrever em um curso, orar… enfim, explore as inúmeras opções!

Se mantenha em movimento

Não podemos esquecer de nos exercitar e deixar o sedentarismo tomar conta.

É possível fazer exercício em casa também. A internet está cheia de lives e vídeos de profissionais de Educação Física orientando exercícios para serem feitos na sala ou até mesmo no nosso quarto. É possível fazer com equipamentos ou com o peso do corpo. Pule corda, faça polichinelos, agache, mas não fique parado!

É importante lembrar também de fazer algumas pausas e atividades durante as longas horas sentado em frente ao computador no home office. Faça algumas coisas em pé, arrume motivos para caminhar, alongue-se, cuide da sua postura, faça uma pausa quando necessário e não se esqueça: evite ficar muito tempo sentado.

Mantenha-se hidratado

Com a mudança de rotina ou por estar o dia todo em casa você pode se esquecer de beber água. Manter-se hidratado é de extrema importância para o funcionamento do nosso organismo.

Ter sempre uma garrafinha por perto, mesmo em casa, é uma boa estratégia.

A sede também pode ser confundida com a fome. Por isso manter-se hidratado ajuda a evitar os temidos beliscos entre as refeições.

Ah! E não vale substituir por sucos, refrescos e refrigerantes. É água mesmo!

Por último, e não menos importante, não se cobre tanto!

Todos estamos tendo que nos reinventar devido as mudanças que a pandemia nos trouxe. A autocobrança excessiva é prejudicial à nossa saúde mental e consequentemente para a nossa saúde. É preciso buscar os bons pensamentos e saber que cada coisa se encaixará em seu devido tempo. Não precisamos dar conta de tudo de forma exemplar, ainda mais nesse cenário.

Fazer escolhas mais saudáveis no seu dia a dia deve ser algo leve e prazeroso. Vamos juntos em busca de opções que façam bem para o corpo e para a alma!

Conte comigo!

Por Sara Morandi
@saramorandi

Sara Morandi é estudante do último período de Nutrição, apaixonada pelos benefícios que a alimentação equilibrada proporciona. Tem como propósito transformar a relação das pessoas com a comida, unindo o saudável ao prazeroso. Agrega os princípios da nutrição funcional e da nutrição comportamental, da medicina do estilo de vida e da medicina preventiva. Visa a transformação de hábitos e a conquista do bem-estar em todos os aspectos. Tem formação com certificação em Mindfulness, Emagrecimento e Saúde e Nutrição Plantbased e Vegetariana. nutricionistasaramorandi@gmail.com

Leia também:

Uso excessivo das telas durante a pandemia prejudica a visão

Como precificar corretamente o seu doce?

Capitã foi acusada falsamente por bloqueio de navio no Canal de Suez

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Saúde e Cuidados