Mundo Ela

Será que o olho seca? Afinal, para que serve a lágrima?

para que serve a lágrima

Foto: iStock

Você já ouviu alguém dizer: “chorei tanto que minhas lágrimas acabaram”… ou “meu olho secou”… Mas é possível isso acontecer? O olho secar a lágrima?

Fala sério: “secar as lágrimas? Onde já se viu?”

Pois é, isso acontece muito. Não por excesso de choro. De tanto chorar, quem seca é o coração, e aí não temos mais o estímulo emocional para o choro.

Mas independente das nossas emoções, a produção das nossas lágrimas depende de vários fatores. Nossas emoções, seja de alegria ou de tristeza, são apenas mais um motivo que nos leva a produzi-las. Vários outros aspectos influenciam na produção desse líquido precioso e fundamental para a saúde dos nossos olhos.

As lágrimas têm várias funções. Uma delas é limpar os olhos, como uma verdadeira faxineira, que trabalha incessantemente o dia todo. Para só quando dormimos.

É por isso que não precisamos ficar limpando nossos olhos, como fazemos com os dentes, o cabelo ou a pele. A lágrima faz isso por nós o tempo todo, sem a gente se dar conta. Mas se alguma coisa esta errada e os olhos ficam “remelentos”, logo percebemos.

Outra função que nossas lágrimas têm é proteger nossos olhos. Essa faxineira incansável, também é uma guardiã. Ela tem anticorpos e proteínas que ajudam a espantar bactérias e microorganismos que queiram prejudicar nossos olhos.

E não é só isso, nossas lágrimas ainda executam outra importantíssima função: manter nossos olhos hidratados. A superfície dos nossos olhos precisa estar úmida o tempo todo, pra gente piscar macio, sem arder, nem parecer que tem um caminhão de areia nos olhos. Além disso, para enxergarmos, nossa córnea (a primeira lente dos nossos olhos) precisam estar úmidas para manter a transparência.

Viu só como a lágrima é importante? Nossos olhos não funcionam bem sem essa trabalhadora cheia de funções. As tarefas da lágrima vão muito além de demonstrar nossos sentimentos.

A produção da lágrima é complexa e envolve três tipos de glândulas diferentes além do movimento de piscar, que empurra a lágrima para a frente e a espalha sobre os olhos. Qualquer etapa dessa produção ou qualquer fator que atrapalhe o nosso piscar, pode alterar as funções que a nossa lágrima exerce. E, portanto, podem atrapalhar nossos olhos.

Chamamos de OLHO SECO, quando isso acontece. Quando a lágrima não vai bem… e todas as funções que ela executa, ficam pendentes. Nossos olhos ficam ardendo, a visão embaça, o olho fica sujo com secreção, e o pior, nossos olhos ficam vulneráveis a feridas e infecções recorrentes.

Atualmente, a principal causa de olho seco, é a exposição excessiva dos olhos, por piscarmos menos. Como assim? Eu explico: nós piscamos em média 20 vezes por minuto, ou seja, a cada minuto, por 20 vezes a faxina, a proteção e a hidratação feitos pela lágrima acontecem. Quando estamos concentrados, piscamos menos. Como nos casos das crianças jogando videogame – olhos vidrados).

Se piscamos menos, a lágrima não é distribuída no olho. Ela fica dormindo na glândula, e o olho fica ressecado, sujo e ardendo, e quando ele já não aguenta mais a exposição, ele fica também vermelho e dolorido.

Mais de 20% da população mundial sofre com sintomas de olho seco. Após a pandemia do novo Coronavírus, esses números evoluíram, devido ao aumento da exposição a telas.

O mercado de colírios lubrificantes movimenta milhões em todo o mundo. O olho seco é hoje um problema de saúde que pode afetar qualquer pessoa. Limitando sua atividade no trabalho ou no seu cotidiano. Por isso, a importância de conhece-lo e trata-lo quando necessário.

Outros fatores relacionados ao ressecamento dos olhos ou a menor produção das lágrimas, são os fatores hormonais, como a menopausa.

O olho seco é muito mais frequente em mulheres. Idade avançada também contribui negativamente na evolução da doença. Cirurgias oculares prévias e alguns fatores ambientais, como a umidade relativa do ar muito baixa e ar condicionado, também contribuem para o ressecamento dos olhos.

E o que podemos fazer para não sofrermos com sintomas do olho seco?

O mais simples e mais importante: piscar. Quem trabalha ou se diverte com atividades que exigem muita concentração, como celulares e computadores, ou até mesmo os motoristas, deve ficar atento. Você, que fica longos períodos sem piscar, precisa fazer pausas frequentes durante a atividade para fechar os olhos e piscar repetidas vezes. Além disso, pode ser feito também o uso de colírios de lubrificante (de lágrima) para refrescar os olhos.

Os colírios e medicamentos que ajudam na produção e manutenção da lágrima são de fundamental importância para pessoas com casos mais avançados de olho seco.

Mas você sabia que uma boa alimentação pode ajudar?

Os alimentos também podem contribuir com nossas lágrimas. O ômega 3 e 6 apresentam papel importante na melhora do olho seco. E alimentos ricos nessas substâncias podem ajudar a melhorar a hidratação e diminuir os sintomas inflamatórios que nossos olhos podem apresentar pelo ressecamento.

Boas noites de sono também são essenciais. Dormir sara, não é mesmo? Ter boas noite de sono é de fundamental importância para amanhecer com os olhos (e todo o resto do corpo) prontos para o novo dia.

Precisamos cuidar bem dos nossos olhos e das nossas lágrimas. Mas, quando todas essas medidas não são suficientes, existem outras opções de tratamento, como a luz intensa pulsada, o I-lux® para estimular a produção lacrimal, além das cirurgias, como o transplante de glândula salivar, que pode ajudar a melhorar a produção das lágrimas, ou a oclusão dos pontos lacrimais (pontos de drenagem da lágrima), que ajuda a aproveitar melhor a lágrima produzida.

Sabendo de tudo isso, não fique com seus olhos ardendo ou vermelhos, cuide-se!

Por Dra Fernanda Santos
@drafernanda.santos

Leia também:

Governo decide modelo de privatização dos Correios

Feirão Caixa | Financie imóveis sem entrada

Receita francesa simples e super saborosa pra você fazer nesse fim de semana


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Saúde e Cuidados
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments