Mundo Ela

A Rosa e o Tempo

Rosa Tempo

A Rosa brigou com o Tempo
Pediu pra ele parar
A Rosa ficou inconsolável…
O Tempo foi trabalhar.

A Rosa foi para uma clínica
Queria se embelezar
Tentou enganar o tempo
Mas, ele foi trabalhar…

A Rosa mentiu sua idade
Tentando andar para trás
O tempo riu da vaidade
E logo, correu mais!

A Rosa estava irritada
Com as rugas e a flacidez
O tempo corria ileso
Não era a primeira vez…

A Rosa pediu para o tempo:
“Para! Não quero mais.”
O Tempo olhou e disse:
Se eu paro, quem vem atrás?

A Rosa olhou mais longe
Quem, depois do Tempo, estava a andar…
E viu a Morte, acenando.
Dizendo: já vou chegar!

A Rosa arrepiou
As pétalas alvoroçaram
Pediu desculpa ao amigo
E juntos caminharam.

A Rosa disse para o Tempo:
“Prefiro estar com você!
Desculpa brigar contigo,
Preciso amadurecer…”

O Tempo falou para a Rosa:
“Sou seu enquanto viver.
Tenha-me com sabedoria.
Mas, não peça para eu não correr…”

(com a melodia de “O Cravo e a Rosa”)

Dra Fernanda Santos
@drafernanda.santos

Leia também:

A Crise Atacou? Dicas essenciais para transformar o limão em uma bela limonada

A importância da representatividade da mulher na política

Saiba os cuidados ao baixar e acessar o aplicativo CAIXA TEM para receber o auxílio emergencial

Reutilização criativa – já ouviu falar em Upcycling?

Beleza digital: paranoia ou bem-estar?

8 Dicas valiosas para fazer fotos incríveis com o celular

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
ColunistasÚltimas
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments