Mundo Ela

Como chegamos até a moda do conforto?

moda do conforto

Foto de Ekaterina Bolovtsova no Pexels

A moda esta sempre a frente das mudanças de comportamento. E, é sempre influenciada por acontecimentos históricos. E no cenário atual, chegou a moda do conforto.

As pessoas já vem há algum tempo se perguntando sobre seus hábitos e valores.

Temas como qualidade de vida, trabalhar com o que ama e ter mais tempo, por exemplo, para os filhos, são discussões recorrentes nas rodas de conversas. Tanto entre amigos quanto com a família.

REPRODUÇÃO INSTAGRAM: @FASHIONLOVERS

Antes mesmo da pandemia, assuntos que exigiam uma avaliação geral sobre a mudança de comportamento das pessoas, já eram tendência, porque ganharam um espaço cada vez mais importante em nossas vidas.

Empresas inovadoras sempre buscam ferramentas para melhorar a qualidade de trabalho dos seus funcionários e consequentemente a melhoria de desempenho das suas atividades.

Várias dessas empresas já utilizavam o tele trabalho como método. Inclusive na Administração Publica, onde já existiam projetos piloto apresentando resultados positivos.

Alguns problemas foram identificados nesses experimentos.

Claro, tudo que é novo causa um estranhamento inicial. Mas, até então, as pessoas teriam tempo para se acostumar e também medir o sucesso dessas ações.

Porém, fomos forçados a nos adaptar, porque um vírus desconhecido e extremamente contagioso, nos atingiu em cheio.

Toda mudança trás com elas, além de muito aprendizado, transformações internas e externas. Dessa forma, elas impactam diretamente no comportamento de toda uma sociedade.

É o que estamos vivendo hoje.

A moda esta sempre a frente das mudanças de comportamento. E, é sempre influenciada por acontecimentos históricos.

Por exemplo, durante a primeira guerra mundial.

Aqui no ocidente, popularizamos as calças porque assumimos trabalhos tipicamente masculinos.

Foto de Godisable Jacob no Pexels

A Guerra contra o Vírus que parou o mundo, e que nos trancou em casa, também mudou nossa relação com as roupas.

A tecnologia nos possibilita fazer reuniões, vender; enviar documentos; publicar matérias… Em outras palavras, continuar trabalhando ainda que você esteja em casa.

Mas, como vamos nos vestir?

Foto de Ekaterina Bolovtsova no Pexels

Como colocar uma roupa que fique apresentável e versátil para participar de uma reunião com cliente e em seguida fazer o almoço?

E depois, colocar o filho no banho, passear com o cachorro e atender a vídeo chamada do chefe? Com a moda do conforto!

Vou tentar te ajudar.

Dê preferências a: Peças amplas, tecidos finos, leves, molinhos e acima de tudo naturais. O mais importante é adequar as roupas à sua rotina da mesma forma que deverá adequa-las com seu tipo de trabalho.

Invista em uma modelagem confortável e que combine com seu estilo próprio.

Tons neutros acalmam e não brigam com a tela do computador.

Use e abuse de acessórios leves. Os lenços são um coringa e facilitam sua vida. Você pode prender o cabelo, amarrar no pescoço, jogar sobre os ombros ou usar como pulseiras.

Na maquiagem invista nos tons leves mas não se esqueçam do rímel e do blush.

Dicas:

Vestidos largos, macacões leves e soltos, calça pantalona, camisetas básicas e chemises, se usados com criatividade, são sempre certeiros.

Foto de Gabby K no Pexels

Por Débora Cruf
@cruf.art

Leia também:

Dia do jornalista: os desafios da mulher no jornalismo

Delineado de Gatinho, o queridinho de sempre e agora mais vivo do que nunca

Controle em Movimento

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.