Mundo Ela

Como tornar o seu negócio de confeitaria uma ótima escolha

confeitaria

Foto: Mariana Prates

Normalmente quando iniciamos na confeitaria é com intuito de ter uma renda extra, poder cuidar da família e trabalhar em casa, buscar ter um negócio próprio sem depender de colaboradores inicialmente, entre outras alternativas.

Em nosso universo temos muitos mestres confeiteiros, que geralmente sonhavam com outra profissão a ser exercida, mas acabaram descobrindo na cozinha o seu propósito de vida, afinal de contas, nunca é só um bolinho.

Nada é impossível quando se trata de metas, sonhos e propósitos, mas temos que ter em mente que a jornada é árdua e que o plantio pode, às vezes, ser demorado, mas com certeza valerá a pena.

Para você se destacar, mesmo que com uma produção enxuta, em casa, você precisa estudar, se aprimorar, ter técnicas para execução de cada receita. Atualmente temos vários cursos gratuitos no Instagram, Telegram, YouTube e até mesmo em escolas de confeitaria que dão algumas aulas gratuitas com duração de sete dias, por exemplo.

Eu comecei assim, fazendo inúmeros cursos online, posteriormente em uma escola física e todos os dias busco novidades e melhores formas de produção para ter maior qualidade e satisfação de cada cliente.

Interessante também, é você estudar o comércio local, como as pessoas consomem os produtos do seu ninho, quais dias suas vendas são maiores e quais produtos saem mais. Estude os valores praticados por você e pela concorrência, mas nunca se baseie no preço do outro para definir o seu, afinal de contas, o seu custo nunca será igual ao outro.

Busque parcerias, afinal de contas, quem anda acompanhado chega mais longe. Tenha uma pessoa que possa contar, que você possa tirar dúvidas, que tenha os mesmos objetivos e que, principalmente, seja alguém que torça pelo seu sucesso. Parece algo distante de ser dito, mas não é, Deus sempre coloca as pessoas certas em nossas vidas, pessoas que nos impulsionam e ajudam na caminhada.

Tudo que fizer faça com muita dedicação, amor, carinho, atenção. Quem trabalha com confeitaria artesanal sabe que cada produto é único, precisamos nos atentar a cada detalhe para criar uma experiência, não apenas uma venda de bolo.

Acredite em você, busque aprender todos os dias. Errar é normal. Se algo não deu certo hoje, fique calmo, tente de novo, pense em uma nova forma de fazer que no final tudo dá certo.

Tem receitas que lendo na Internet parecem fáceis, mas na prática são mega difíceis de serem executadas, mas o fato de serem muito difíceis não as torna impossíveis. Já pensou se em um de seus erros você cria algo novo? Um exemplo disso é o brownie, que era para ser um bolo que não deu certo, mas que virou uma receita deliciosa e pratica!

Eu mesma tenho dificuldade com quindim. Uma vez fui me aventurar com essa receita deliciosa e, na prática, tudo deu errado. No final desisti de fazer e acabei comprando na padaria. Mas como tudo é resultado de persistência, hoje o quindim não é mais um bicho de sete cabeças para mim.

Para você ser o melhor invista em você, se desafie e se mantenha persistente diante dos seus sonhos e dificuldades, afinal de contas, se fosse fácil, todo mundo faria.

Um abraço, Mari Prates.

Por Mariana Prates
@maripratescakes

Leia também:

Amor de mãe

Receitinha da nutri: palitinho de grão-de-bico com queijo

Somos todas Dona Hermínia

Estratégias de Marketing da Juliette para serem aplicadas no seu negócio

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Últimas