Mundo Ela

Iluminador na maquiagem, você sabe usar?

Iluminador

Reprodução Instagram @camillevirginio

O iluminador pode ser usado tanto de dia quanto de noite, em maquiagens mais leves ou nas mais elaboradas, só é preciso se atentar a alguns detalhes na hora de escolher e aplicar o produto. Confira as dicas!

Eu sempre digo que uma pele bem-feita é o ponto mais importante da maquiagem.

Quando feita corretamente, deixa a aparência mais jovem e com ar saudável, sendo estes os objetivos principais da maquiagem.

Dentre os vários produtos de maquiagem que contribuem para melhorar e valorizar a beleza da pele, o iluminador é um dos meus favoritos.

Ele pode ser usado para diversas funções. As mais comuns são realçar os traços faciais, iluminar o rosto e o olhar, proporcionando um aspecto natural, saudável e jovem.

O iluminador pode ser usado tanto de dia quanto de noite, em maquiagens mais leves ou nas mais elaboradas, só é preciso se atentar a alguns detalhes na hora de escolher e aplicar o produto.

Acerte na hora de escolher o seu iluminador

Você pode encontrar esse produto de várias formas no mercado: em pó, cremoso, em formato de caneta, efeito bronze. Como pode perceber, existem produtos dos mais variados tons e texturas. Para obter um efeito natural o produto deve ser adequado ao tipo e ao tom da pele.

O tom ideal para o efeito iluminado

Para as mulheres de pele clara são indicados iluminadores em tons mais frios como o rosê, já as morenas e de pele negra devem apostar nas tonalidades douradas.

Na dúvida, escolha um produto translúcido, que não adiciona cor, apenas reflete a luz. Em todo caso, é preciso cuidado com o excesso de produto para não ficar artificial ou muito aparente.

Acerte na textura

Dependendo do tipo de pele no qual é aplicado, a textura do produto influencia no efeito desejado, como também na duração e na qualidade da aplicação.

O iluminador em pó (compacto ou solto) pode ser aplicado nas maçãs do rosto e na zona T (testa, nariz e queixo). É uma excelente opção para mulheres com pele mais oleosa, normal e jovem.

Os iluminadores de textura cremosa são mais democráticos, devendo ser evitados apenas por mulheres com pele oleosa.

Uma vantagem bem interessante dos produtos em creme é que estes dão um efeito mais natural e podem ser encontrados em versões a prova d’água. Desta forma, sua durabilidade na pele é mais longa mesmo em situações de exposição ao calor.

O iluminador é um grande aliado para as peles maduras. Mais uma vez o produto pode ser líquido, cremoso ou em pó. Neste caso, como a quantidade usada é mínima, o pó não pesa. Ele deve ser usado nas têmporas e entre as sobrancelhas, logo onde começa o ossinho do nariz. Prefira um produto que ilumine, mas que não tenha brilho.

Os iluminadores líquidos são ótimos para as mulheres de pele normal e seca, pois, de certa forma, as deixam mais hidratadas. Os de formato líquido também podem ser utilizados em peles maduras.

Aplicando o iluminador da forma correta

É importante que a aplicação seja sutil, uma pele bem iluminada não significa que devemos exagerar na quantidade do produto.

Outro passo muito importante após a aplicação é esfumar bem o produto para uniformizar junto à pele.

Sigam o esqueminha abaixo e arrasem nas produções.

Reprodução instagram @camillevirginio

Por Camille Virginio
@camillevirginio

Leia também:

Prefeitura de Belo Horizonte amplia vacinação

Como ter um perfil poderoso no Instagram?

Famosos especulam a causa da Morte de MC Kevin



** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Últimas
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments