Mundo Ela

Prefeitura de Belo Horizonte amplia vacinação

vacinação

A partir de hoje (11), idosos com 67 anos ou mais poderão receber a segunda dose da vacina Coronavac em Belo Horizonte. Além disso, a Prefeitura ampliou a vacinação contra a Covid-19 para o grupo de pessoas com comorbidades.

A segunda dose da Coronavac já está sendo aplicada em idosos com 67 anos ou mais em Belo Horizonte.

Para receber o imunizante, o idoso deverá apresentar CPF, documento de identidade, comprovante de residência, além do cartão de vacinação que comprove a aplicação da primeira dose.

Já o grupo de pessoas com comorbidades, continuarão sendo imunizadas entre hoje (11) e amanhã (12), das 8h às 16h, em pontos fixos exclusivos.

Até às 16h de hoje, serão vacinadas pessoas com comorbidades de 54 a 53 anos e pessoas com deficiência permanente beneficiarias do programa Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 45 a 54 anos, completos até 31 de maio.

Na quarta-feira (12), serão vacinadas pessoas com comorbidades de 50, 51 e 52 anos, completos até 31 de maio, e gestantes e puérperas acima de 40 anos.

Vacinação de pessoas de 18 a 59 anos com comorbidades, deficiência permanente cadastradas no benefício de prestação continuada (BPC), gestantes e puérperas

O cadastro para este grupo foi realizado entre os dias 30 de abril e 3 de maio e será reaberto quando a Secretaria Municipal de Saúde receber informações da chegada de novas remessas da vacina.

Para as pessoas de 18 a 59 anos com deficiência permanente beneficiárias do BPC, o cadastro é dispensável.

É recomendado aguardar a confirmação enviada por e-mail para mais celeridade no dia da vacinação.

Para receber as doses, além de realizar o cadastro e apresentar documentos que comprovem a condição, como exames, relatório médico, receitas, dentre outros, os contemplados devem se atentar ao calendário de vacinação que terá duas fases, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, de acordo com a disponibilidade de vacinas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Na fase I serão vacinados, a partir do quantitativo de doses disponibilizado:

– Pessoas com Síndrome de Down entre 18 e 59 anos;

– Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise) de 18 a 59 anos;

– Gestantes e puérperas com comorbidades, a partir de 18 anos;
– Pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos;
– Pessoas com deficiência permanente beneficiárias do programa Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.

Já na fase II, serão vacinados, a partir do quantitativo de doses disponibilizado, seguindo as faixas de idade de 54 a 50 anos, 49 a 45 anos, 44 a 40 anos, 39 a 30 anos e 29 a 18 anos:

– Pessoas com comorbidades;
– Pessoas com deficiência permanente beneficiárias do programa Benefício de Prestação Continuada (BPC);
– Gestantes e puérperas independentemente de condições pré-existentes.

Vale lembrar que são consideradas púrperas as mulheres até 45 dias após o parto.

Fora do prazo

O Ministério da Saúde afirmou, em nota técnica divulgada no dia 27 de abril, que a população deve tomar a segunda dose da vacina mesmo que a aplicação ocorra após o prazo recomendado pelos laboratórios.

Para mais informações e locais de vacinação, acesse o portal da Prefeitura.

Por Alessandra Morandi
@agentesecomunica

Leia também:

O poder do Peeling

Estratégias de Marketing da Juliette para serem aplicadas no seu negócio

Como tornar o seu negócio de confeitaria uma ótima escolha


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Últimas