Mundo Ela

Por que não viajar com seu Pet? Já conhece o termo Pet Friendly?

Foto: @alvarocaozinhosafado

O Brasil é o quarto maior mercado de consumo Pet do Mundo. E muito tem se falado do termo Pet Friendly.

A princípio essa expressão pode ser traduzida ao pé da letra como ‘amigo dos animais’ e é utilizada para identificar lugares onde os animais são bem-vindos, aceitos, e podem permanecer. Mas, atualmente, o Brasil conta com apenas 3,8% de hotéis Pet Friendly.

Trata-se de um mercado que tem se destacado na esfera relacionada ao consumo e cuidados específicos. Exemplo disso são os destinos que, cada vez mais, tem tentado se adequar a essa nova e fofa realidade.

Dessa forma viajantes que antigamente não tinham sequer a possibilidade de viajar com seu animal de estimação com segurança tem atualmente opções que vão de encontro a essa necessidade. Pois uma grande parcela dos donos de pet tem enorme satisfação em estar lado a lado dos seus amigos de 4 patas e não se esforçam para enchê-los de privilégios. E viajar com certeza é um deles.

O mercado de turismo Pet Friendly tem se especializado cada vez mais para receber este público.

Existe o Selo de Excelência BPFP (certificado que padroniza a excelência do atendimento Pet Friendly, e é reconhecido pela ABNT). Ele cria padrões, normas e profissionaliza todo o seguimento. Assim não basta você só aceitar um Pet, você precisa cumprir critérios mínimos.

A Fundadora da Vai com Pet e do selo BPFP Noelia Gigli trabalha desde 2015 buscando profissionalizar cada vez mais os profissionais que trabalham na área, pois “Pet não é brinquedo, precisa ser levado a sério e o mercado precisa ter regras, Só gostar de animais não é suficiente.”

Com as férias de julho se aproximando é natural que as famílias criem expectativas e preocupações, pois podem esbarrar no seguinte problema:

“Como faremos com o nosso pet?”

Foto: @deboracruf

É verdade que muitas clínicas veterinárias oferecem o sistema de hotel para os animais, porém, por que não viajar com seu Pet?

Pode parecer complicado e até burocrático em certas situações, todavia com as informações corretas é possível sim ter uma viagem inesquecível na companhia daquele que está ali diariamente com você e sua família.

Viajar com o seu animal de estimação requer alguns cuidados indispensáveis.

O primeiro passo é atenção ao escolher o destino porque ele precisa também ser adequado. Afinal como levar, por exemplo, seu gato para Bariloche no inverno? Precisa planejar tudo.

O local da hospedagem é igualmente importante, pois ele precisa cumprir as normas relacionadas às questões como: convívio, higiene e segurança do seu bichinho.

Entretanto muitos estabelecimentos ainda não sabem como lidar com esse novo modelo de perfil de viajantes (os que levam os pets) e acabam não se adaptando corretamente a essa nova demanda.

Como realizar o transporte do seu pet?

O transporte do animal é outro item essencial para o sucesso da viagem. Dessa forma viagem de carro, ônibus ou avião exigem um cuidado específico. Então é melhor saber como proceder em cada situação.

É preciso cautela com relação a documentação exigida pela cia aérea, por exemplo, se essa for sua opção de locomoção. Então é preciso efetuar uma reserva com antecedência e pagamento de taxas e por questões sanitárias você precisa mostrar alguns documentos.

Por isso consulte um veterinário antes de viajar e mantenha o cartão de vacinação do pet em dia bem como toda parte de prevenção relacionada ao contágio de pulgas e carrapatos. Seu amigo com certeza fará amizades ao longo da viagem e precisa estar protegido.

Se for viajar de carro é preciso fazer pausas durante o trajeto, assim como um Kit lanche para o pet (agua e ração) e também um kit higiene para eventual necessidade de uma limpeza rápida.

A movimentação do carro, ônibus ou avião pode deixar seu pet mareado. Nesse caso a orientação é alimentá-lo 3 horas antes da viagem e não esquecer de hidrata-lo.

Com todos esses cuidados e um bom planejamento uma viagem que, antes poderia parecer inusitada, trará com certeza lembranças inesquecíveis para você e seu animalzinho.

Por Luciana Ferreira
@insightconsultoriaviagens

Leia também:

Mas quanto Juliette ganha?

Janones sofre ataques por lamentar 500 mil mortes no País

Como comprar vinho? Leia e descubra!

Cringe, a palavra do momento!


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Viagens
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments