Mundo Ela

5 de julho – Dia da Gastronomia Mineira

festivais gastronômicos

Foto: Jonathan Borba -Unsplash

No dia 5 de julho é comemorado o Dia da Gastronomia Mineira e todos nós sabemos que a culinária de Minas Gerais tem muita relevância na cultura do estado e do país.

Viajar vai além dos atrativos turísticos, viajar é também conhecer os costumes, tradições e sabores de cada região.

Os Festivais Gastronômicos fazem parte do calendário anual do Estado e anseiam pelo retorno à programação dos mineiros e dos turistas

No dia 5 de julho é comemorado o Dia da Gastronomia Mineira e todos nós sabemos que a culinária de Minas Gerais tem muita relevância na cultura do estado e do país.

Ela é repleta de iguarias que agradam aos mais exigentes paladares e além disso é carregada de afeto e história.

A maioria dos pratos como Tropeiro, Tutu, Couve, Angu e Torresmo, que surgiram há mais de 300 anos na época do ciclo do ouro em Minas Gerais, faz parte do cotidiano da população.

O famoso Pão de Queijo de Minas, que, quando nasceu por volta de 1750 era apenas um aperitivo, não tardou para ganhar popularidade e ser essa delícia que apreciamos hoje.

A verdade é que do café à cachaça passando pelos pratos mais sofisticados aos mais simples, a culinária de Minas é repleta de simbologia e acolhimento. E essa nossa maneira única de cozinhar utilizando, na maioria das vezes, ingredientes simples, porém de forma criativa, tem ganhado cada vez mais destaque e ultrapassado as fronteiras do estado.

As “Cozinhas de Minas” tem se reinventado constantemente e reforçado cada vez mais esse aspecto da cultura local bem como seu forte potencial para desenvolvimento do Turismo Gastronômico.

Exemplos disso são os Festivais Gastronômicos que fazem parte do calendário anual do Estado e anseiam brevemente pelo retorno à programação dos mineiros e dos turistas.

Grandes chefes nacionais e internacionais já estiveram em terras mineiras não só para apreciar a comida local como também para utilizar parte dos ingredientes em suas renomadas receitas.

Um dos Festivais mais famosos é o Comida di Buteco que acontece em Belo Horizonte e, que devido a pandemia, tem previsão de ocorrer em julho e agosto de 2021. Esse ano terá como slogan o “Tá no boteco, tá em casa“ que incentivará o formato delivery.

Ainda na capital ocorrerá em outubro desse ano a 30 ª Expocahaça. A Feira une cadeias produtivas de bebidas artesanais como cerveja e a própria cachaça e tem se tornado cada vez mais uma ótima opção de atrativo turístico do Estado .

Já em Congonhas o tradicional Festival da Quitanda trás diversas apresentações culturais e musicais, que remetem às tradições rurais das cidades do interior mineiro. Além disso é realizado o tradicional concurso de quitandas as diversas categorias.

Tiradentes também oferece uma ótima opção que é o Festival de Cultura e Gastronomia , criado em 1998, o festival é referência no setor e é considerado um dos principais eventos de gastronomia do país.

Existe também a Festa do Vinho da cidade de Andradas que ocorre anualmente nos meses de julho é uma herança da imigração italiana na cidade.

A diversidade das comidas típicas preenche o nosso hábito de “comer com os olhos”. Em Ponte Nova, cidade conhecida pelo famoso doce de goiaba a Festa da Goiabada é realizada todo o mês de outubro. E em Capitólio acontece o Festival Gastronômico e Cultural do Peixe.

E finalizamos com a degustação de geléias, doces, sorvetes e da própria fruta in natura no Festival da Jabuticaba em Sabará.

Você também aprecia a gastronomia quando viaja? O que achou desta lista de festivais e comidas típicas de Minas Gerais?

Por Luciana Ferreira
@insightconsultoriaviagens

Leia também:

Atraindo boas energias e prosperidade para Julho

Concurso Banco do Brasil 2021, inscrições vão até julho

Cafeína

Enem 2021 – Abertas as inscrições

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Viagens
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments