Mundo Ela

Você tem medo de viajar de avião?

medo de voar de avião

Foto: pixabay

Já seguraram a sua mão pelo seu medo de viajar de avião? Se a resposta foi sim não se preocupe. A aerofobia, que atinge uma boa parte dos brasileiros, pode ser superada.

O desconhecido sempre traz muito medo a humanidade. O fato de não sabermos o que irá acontecer e como irá acontecer alimenta nossos pensamentos mais pessimistas.

Apesar de o medo ser importante para nós, é importante ressaltar que é através da junção dele com outras emoções que temos conseguido enfrentar nossos desafios diários.

Dessa forma é preciso atenção quando o mesmo nos paralisa em determinadas situações e nos impede de vivenciar de maneira plena uma determinada experiência.

Tais situações podem ocorrer não só na nossa rotina, bem como em momentos especiais.

No caso das viagens, por exemplo, o momento de embarcar no avião pode ser tornar um verdadeiro martírio. Nesse sentido é possível ainda que a pessoa possua ansiedades paralelas como medo de altura ou lugares fechados o que, com certeza, contribui negativamente para fomentar todo o contexto.

Apesar do avião ser um dos meios de transportes mais seguros para viajar, visto que toda a tripulação passa por treinamentos constantes e com elevados níveis de exigências, é possível que a ansiedade alimente pensamentos catastróficos gerando até possíveis crises de pânico.

Evidentemente nesses casos é necessário o acompanhamento de um profissional qualificado.

No entanto, e através de algumas orientações, é provável que fique mais fácil tentar lidar com esse tipo de situação no seu próximo embarque.

Sendo assim elaboramos algumas orientações que podem te auxiliar:

– Ler e se informar sobre a aviação pode te ajudar a gerenciar melhor essas questões;

– Antecipe sua chegada ao aeroporto para ter a oportunidade de se ambientar ao local de forma positiva;

– Tente se distrair com atividades que despertem seu interesse como filmes ou até uma boa leitura durante o voo;

– Controle sua respiração nos momentos de turbulência. Porque sim, elas irão acontecer, e é normal. A tripulação está preparada para lidar com esses episódios.

Ao respirarmos mais lento e profundamente reduzimos os batimentos cardíacos e a tendência é que nos acalmemos.

– Se além do medo você tiver desconfortos físicos, devido a pressurização interna, a ingestão de água gelada para amenizar enjoos ou até manobras indicadas pela tripulação para minimizar a sensação de ouvidos entupidos, poderão te ajudar.

E com toda certeza a tripulação é um grande diferencial. São eles que, além da “máquina” estão ali para nos acolher e auxiliar.

Não deixe de avisa-los caso sinta qualquer incômodo. Treinados não apenas de maneira técnica, visando nossa segurança, como também muito humana os tripulantes são completamente capacitados para transpor diversas situações.

Além disso gente cuidando de gente é algo insubstituível.

Portanto com informação, tranquilidade e suporte é possível no seu próximo voo você apenas relaxe e curta este momento sem problemas.

Por Luciana Ferreira
@insightconsultoriaviagens

Leia também:

Precisamos aprender a dizer “Não”

WhatsApp lança atualização que permite acelerar os áudios

Prefeitura amplia vacinação em Belo Horizonte


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Viagens
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments